Só Deus é bom e ninguém mais

“Só Deus é bom e ninguém mais” Mc 10, 17-18
Esta afirmação de Jesus precisa trazer para nós cura e libertação. E por que digo isto? Porque muitos de nós, que Graças a Deus trazemos o imenso desejo de santidade, por vezes nos confundimos. Queremos tanto ser Deus, nos configurarmos ao Cristo, que supomos ter uma bondade própria, uma capacidade de amar própria, de perdoar própria… Daí, uma grande confusão surge nas pessoas: Eu posso, eu quero, eu faço! E não é bem assim. De fato, Jesus foi muito firme com aquele jovem, dizendo-lhe: “Só Deus é bom e ninguém mais…” E de fato, sozinhos nada podemos. Porém, Deus em nós ou nós em Deus podemos sim e faremos muito, principalmente no que toca sentimentos, gestos, atitudes, temperamento…
Não tem porque ficar sofrendo porque não se é bom. Não tem porque ficar sofrendo porque não se pode perdoar. Não tem porque ficar sofrendo se não consegue perdoar… E agora? Não vamos mais lutar, ter o desejo de santidade vivo em nós? Não é isto, que quero dizer. O que quero dizer é que preciso me dedicar a uma experiência com o Espírito Santo. Pois só com Ele é que posso viver a bondade de Deus, o Amor de Deus, o perdão de Deus…
De verdade, não somos bons, só Deus é bom. Somos reflexos da bondade de Deus! É o Espírito Santo que me capacita só o Espírito Santo pode controlar meu temperamento, a ponto de eu ser bom como Deus é bom. Alguém que deixa seu temperamento ser controlado pelo Espírito Santo, trás aqueles que estão a sua volta aquela sensação de presença de Deus. Sim, do Deus que se faz “gente” e habita no meio do seu povo!
Acorde a cada manhã e diga: “Só Deus é bom”, mas eu sou reflexo da bondade de Deus. E se não sou ainda me faz Espírito Santo, reflexo da bondade de Deus!

Deixe seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *