Nossa Senhora dos milagres

Mauriac, na França, é uma cidade situada ao pé de uma colina vulcânica, que tem sua fundação atribuída a São Mário, seu padroeiro. No entanto, há uma lenda que atribui a fundação da cidade também Santa Teodechilde, filha de Clóvis. Diz-se que depois de várias visões sobrenaturais, ela decidiu construir nesta cidade uma capela onde um círio deveria arder permanentemente sobre a imagem de Maria. A lenda diz, ainda, que a capela teria sido construída com materiais vindos de um templo de mercúrio, e que a Santa doou seus bens aos monges de São Pedro, com a condição de que eles cuidassem do santuário. Por isso, ao lado da capela, foi construído um mosteiro.

Em 1050 os restos de São Mário foram enterrados nesta capela, que é um belo edifício do séc. XIII. A imagem de Nossa Senhora dos Milagres é tão antiga quanto o próprio santuário, e provavelmente a mesma que foi enviada por Clóvis a sua filha. Este título se deve aos inúmeros milagres que Maria operou aos seus filhos por meio dessa imagem.

A festa de Nossa Senhora dos Milagres era comemorada dia 9 de maio, mas após a Concordata, passou a ser realizada no domingo seguinte ao dia 9 de maio.

Deixe seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *