PRISIONEIRO DO AMOR

E a gora, sem forças, eu sou prisioneiro, do mais belo amor do doce Jesus, do meu bem da Cruz…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *