Celebramos a memória do grande Bispo e Mártir, São Irineu, que pelos seus escritos tornou-se o mais importante dos escritores cristãos do século II. Nascido na Ásia Menor, foi discípulo de Santo Policarpo, que por sua vez conviveu diretamente com o Apóstolo São João, o Evangelista.

Ao ser ordenado por São Policarpo, Irineu foi para a França e assumiu várias funções de serviço à Igreja de Cristo, que crescia em número de comunidades e necessidade de pastoreio. Importante contribuição deu à Igreja do Oriente quando foi em missão de paz para um diálogo com o Papa Eleutério sobre a falta de unidade na data da celebração da Páscoa, pois o Oriente corria ao risco de excomunhão, sendo fiel ao significado do seu próprio nome – portador da paz – logrou êxito nessa missão, já que isto nada interferia na unidade da fé.

Ao voltar da missão deparou-se com a morte do Bispo Potino, o qual o havia enviado para Roma e, sendo assim, foi ele o escolhido para sucessor do episcopado de Lião. Erudito, simples, orante e zeloso Bispo, foi ele quem escreveu contra os hereges e sobre a sucessão apostólica. E, muito dos dados que temos, hoje, sobre a história da Igreja do século II. Este grande Bispo morreu mártir na perseguição do imperador Severo.

Dia da comemoração: 28 de junho

São Irineu, rogai por nós!