Se eu pudesse…

Se eu pudesse deixar algum presente a você, eu deixaria o ágape, que deixa aceso o sentimento do amor verdadeiro.

A consciência de aprender tudo o que nos foi ensinado pelo tempo afora.

Lembraria os erros que foram cometidos, mas não para me torturar ou torturar você, mais para não repetir.

A capacidade de escolher novos rumos.

Deixaria para você, se pudesse o respeito aquilo que é indispensável: alem do pão, o trabalho, a ação, a Oração e a Fé.

E, quando tudo mais faltasse, para você eu deixaria, se pudesse, um segredo.

O de buscar no interior de si mesmo a resposta para encontrar a saída, como Maria que guardava as coisas no coração,

portanto falava menos e ouvia mais.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *