Grite alto, grite ainda mais alto…

No Evangelho de São Marcos, capítulo 10, versículos do 46 ao 52, vemos a história do cego de Jericó. Além de cego, ele era mendigo. Ao ouvir o barulho da multidão que seguia Jesus, ele começou a gritar: “Jesus, filho de Davi, tem compaixão de mim! Muitos o repreendiam para que se calasse, mas ele gritava ainda mais alto: Filho de Davi, tem compaixão de mim!” E ele foi curado, após Jesus fazê-lo se aproximar dEle.

O  cego de Jericó foi curado porque foi atrevido, teve uma fé atrevida. Não se deixou paralisar pelos acontecimentos sofridos de sua vida, nem pelas vozes que o queriam em silêncio. A tentação se manifesta através de situações e de pessoas para que silenciemos e percamos a oportunidade que o cego teve. Se ele não tivesse gritado e depois gritado ainda mais alto, ele seria mais um cego neste mundo (e aqui cego não simplesmente fisicamente, mas cego para o que Deus quer e pode fazer).

Por isso, não perca a oportunidade de receber Graças: Grite! E se algo ou alguém quiser te silenciar, grite ainda mais alto!

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *