Verdadeira caridade

Certo dia em uma comunidade Roberto estava preocupado, pois estava muito frio e muitas pessoas que lá se

encontravam, não possuíam agasalhos para se proteger.

Foi quando seu amigo Mario, vendo aquela cena se aproximou de Roberto e disse:

Roberto, faça um gesto caridoso e dê um agasalho, para aquela senhora que está passando frio.

-Roberto vira-se para o amigo e diz:

Mas Mario, eu possuo poucas roupas, não está sobrando nada, e acho que posso precisar mais tarde quando vier

mais frio.

Mario ouvindo este pensamento do amigo reage:

-Querido Roberto, quando se faz a caridade , não se deve fazê-la com o que sobra, pois a verdadeira

caridade, está em saber dividir o que se tem.

Muitas vezes o egoísmo, não deixa que você possa praticar a caridade, pois acha-se impregnada pela convicção

de que sempre precisa de mais, muito embora já tenha o bastante, para suas necessidades.

Dar o que sobrou é muito fácil e sem comprometimento, todavia, ter o objetivo de dividir o pouco que possuí,

é maravilhoso aos nossos olhos e mais ainda aos olhos de Deus.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *