Longe da preguiça

Logo cedo me vieram estes versículos:

“Vai ter com a formiga preguiçoso, observa seu proceder e torna-te sábio: Ela não tem chefe, nem inspetor, nem mestre; prepara no verão sua provisão, apanha no tempo da ceifa sua comida” Provérbios, capítulo 6, versículos do 6 ao 8.

E junto com eles esta mensagem do Padre Pio: “Não adiemos os deveres, pois o próximo instante não nos pertence.”

Nós não sabemos o futuro, não sabemos o que poderá nos acontecer. Por isso em tudo é preciso empenho: Se posso rezar 1 hora inteira, devo fazê-lo. Se só disponho de 1 minuto, devo fazê-lo igualmente. Da mesma forma no ambiente de trabalho, na família… Em tudo dedicação, nada de preguiça, nem esperar ordens de alguém.

O tempo que tenho hoje preciso vivê-lo intensamente. Por intensidade em tudo é o segredo para espantar a preguiça e ser feliz, sem viver de reclamações…

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *