Atitudes que fazem bem a si mesmo e ao próximo

Ajudar desinteressadamente.

Aprender a esperar sem alimentar com ansiedade o problema existente.

Do passado escolher o bem e a viver o presente como dádiva da vida.

É covardia usar os erros passados como argumento nas discussões presentes.

Falar pouco, interrogando o menos possível e não sofrendo se não responderem.

Jamais contar demais seus ressentimentos às pessoas afins e nunca fazer a estranhos.

Lembrar-se de que é muito difícil mudar o temperamento de alguém, mas não é impossível.

Não obrigar ninguém a nada, mesmo que a posição lhe permita tudo exigir.

Aprender a sorria, mesmo contrariado.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Acesse e divulgue: www.equilibrioarp.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *