Ver com o coração

Jesus era criticado pelos fariseus por ser amigo de pessoas de má fama: “O Filho do Homem veio, come e bebe e dizem: ‘É um comilão e beberrão, amigo dos publicanos e devassos’.” Evangelho de São Mateus, capítulo 11 versículos de 16 a 19. Na verdade, em Jesus algo incomodava e deixavam inquietos os que O amavam e principalmente os que O odiavam: Era o fato de que Jesus sabia fazer a diferença entre o erro e a pessoa, entre pecado e pecador. Ele sabia que o ser humano em sua essência era bom, ainda que o exterior mostrasse o contrário.

Um dia desses, assisti no jornal que após o cerco da polícia a alguns assaltantes de banco, o chefe deles exigia a presença da mãe para se render. Aquele assaltante sabia que a mãe dele era uma garantia; ele sabia que ela conhecia o coração dele e iria defendê-lo.

Apesar dos erros, maldades e pecados, toda pessoa tem coisas boas. É preciso olhar além, olhar como Jesus olhava. “O homem vê aquilo que salta aos olhos, mas Deus vê o coração”. Não tenha medo de ver a essência, de ver o que é bom nas pessoas, ainda que, como Jesus você seja criticado!

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Acesse e divulgue: www.equilibrioarp.com.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *