Ver e acreditar ou simplesmente acreditar

Quando Maria Madalena foi ao local que Jesus estava sepultado, viu que o túmulo estava vazio; ela saiu correndo e avisou a Pedro e João. Os dois também saíram às pressas até o local. Chegando lá, diz a Palavra de Deus, Pedro entrou e viu que de fato, só estavam lá os panos que enrolaram o corpo de Jesus. Mas quando fala de João, a Palavra de Deus diz que ao entrar no local, ele “viu e acreditou”. Sim, João acreditou que, se o corpo de Jesus não estava ali, era porque Ele realmente ressuscitara.

Existe milagre! Existem coisas boas acontecendo no mundo, mas têm pessoas que não vêm e ainda outros que vendo, não creem. Não sei o que é pior, pois pessoas que não vêm estão cegos espiritualmente. Não enxergam além… Os olhos só enxergam o seu mundo, a sua dor. Pessoas assim estão escravas do pessimismo, do negativismo, se tornam depressivas…  Aqueles que veem e não creem, estão encobertos pela nuvem da apostasia: Esfriamento da fé; mesmo vendo, rezando, conhecendo a Palavra de Deus, estão sem fé e  fé é “a certeza daquilo que não se vê”, mas a apostasia esfria a pessoa…

Estamos nos últimos dias do ano. Estes dias precisam ser de reflexão do que foi feito e projetarmo-nos para o ano que vem, para o que sonhamos… Vendo tudo que aconteceu, ainda que nossa visão nos mostre coisas não tão boas, é preciso crer sempre: Crer em Deus; crer em nós mesmos, daquilo que somos capazes; crer nas pessoas, ainda que tenham nos decepcionado; crer em dias melhores, ainda que a realidade esteja difícil…

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Acesse e divulgue: www.equilibrioarp.com.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *