Os homens vêm as aparências

A história do Rei Davi, ressoa ainda nos dias de hoje tão atual. Deus derrama Seus Dons, escolhe e capacita pessoas que a olhos humanos seriam totalmente improváveis. Vamos acompanhar:

Saul era o Rei. Este foi ungido por Samuel que era o sacerdote. Porém, Saul desobedeceu as ordens de Deus e Deus tirou o seu reinado; daí “o Senhor disse a Samuel: ‘Até quando ficarás chorando por causa de Saul, se eu mesmo o rejeitei para que não reine mais sobre Israel? Enche o chifre de óleo e vem, para que eu te envie à casa de Jessé de Belém, pois escolhi um rei para mim entre os seus filhos’. Samuel ponderou: ‘Como posso ir? Se Saul o souber, vai-me matar’. O Senhor respondeu: ‘Tomarás contigo uma novilha da manada, e dirás: ‘Vim para oferecer um sacrifício ao Senhor’. Convidarás Jessé para o sacrifício. Eu te mostrarei o que deves fazer, e tu ungirás a quem eu te designar’. Samuel fez o que o Senhor lhe disse, e foi a Belém. Os anciãos da cidade vieram-lhe ao encontro, e perguntaram: ‘É de paz a tua vinda?’ ”Sim, é de paz’, respondeu Samuel. ‘Vim para fazer um sacrifício ao Senhor. Purificai-vos e vinde comigo, para que eu ofereça a vítima’. Ele purificou então Jessé e seu filhos e convidou-os para o sacrifício. Assim que chegaram, Samuel viu a Eliab, e disse consigo: ‘Certamente é este o ungido do Senhor!’ Mas o Senhor disse-lhe: ‘Não olhes para a sua aparência nem para a sua grande estatura, porque eu o rejeitei. Não julgo segundo os critérios do homem: o homem vê as aparências, mas o senhor olha o coração’. Então Jessé chamou Abinadab e apresentou-o a Samuel, que disse: ‘Também não é este que o Senhor escolheu’. Jessé trouxe-lhe depois Sama, e Samuel disse: ‘A este tampouco o Senhor escolheu’. Jessé fez vir seus sete filhos à presença de Samuel, mas Samuel disse: ‘O Senhor não escolheu a nenhum deles’. E acrescentou: ‘Estão aqui todos os teus filhos?’ Jessé respondeu: ‘Resta ainda o mais novo, que está apascentando as ovelhas’. E Samuel ordenou a Jessé: ‘Manda buscá-lo, pois não nos sentaremos à mesa, enquanto ele não chegar’. Jessé mandou buscá-lo. Era ruivo, de belos olhos e de formosa aparência. E o Senhor disse: ‘Levanta-te, unge-o: é este!’ Samuel tomou o chifre com óleo e ungiu Davi na presença de seus irmãos. E a partir daquele dia, o espírito do Senhor se apoderou de Davi”.

Muitas vezes as pessoas julgam-nos por critérios lógicos e de aparência. Nós mesmos  julgamos pessoas e a nós mesmos, nos comparamos, nos sentimos inferiores, incapazes. Na escolha de Davi, até o sacerdote Samuel ia caindo nos critérios do mundo: “Samuel viu a Eliab, e disse consigo: ‘Certamente é este o ungido do Senhor!’ Mas o Senhor disse-lhe: ‘Não olhes para a sua aparência nem para a sua grande estatura, porque eu o rejeitei. Não julgo segundo os critérios do homem: o homem vê as aparências, mas o senhor olha o coração”. Olhando a história de Davi, deixe-se curar neste dia dia de hoje! Não pare em limitações, padrões que o mundo ou você mesmo cria. Corra atrás do seu sonho, ponha em prática seu talento…

DEIXE SEU COMENTÁRIO!
Acesse e divulgue: www.equilibrioarp.com.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *