É preciso atirar-se

Fico a imaginar o alvoroço que era na época de Jesus, quando as pessoas se aglomeravam em torno d’Ele para serem curados. Este trecho do evangelho de São Marcos por exemplo mostra isso:

“Como Jesus tivesse curado a muitos, aqueles que tinham doenças se atiravam sobre ele para tocá-lo.” Que coisa impressionante, as pessoas se atiravam sobre Jesus para que fossem tocadas por Ele. Eles acreditavam que apenas ao toque de Jesus, seriam curados, receberiam uma Graça… E é por isso que na Bíblia estão tantos relatos de curas e milagres. Esta mesma Bíblia nos diz que “Jesus Cristo é o mesmo de ontem, hoje e sempre”. Muitas curas não acontecem em nossos dias, não porque Jesus mudou, mas porque o ser humano mudou. Apesar de tantas expressões religiosas em nossos dias, as pessoas não se atiram de fato sobre Jesus como descrito no evangelho: Muitos buscam a Jesus simplesmente por aquilo que Ele faz e não por aquilo que Ele é; outros se atiram sobre pessoas que têm um Dom especial e não sobre Jesus.

Atirar-se sobre Jesus, tocá-Lo é mais do que pedir curas e milagres, na verdade é entregar-se, é dirigir-se a Deus na certeza de que Ele pode tudo, de coração aberto, sem mancha, como está em Eclesiástico, capítulo 28, versículo 3: “Um ser humano guarda raiva contra outro, como poderá pedir a Deus a cura?”

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Acesse e divulgue: www.equilibrioarp.com.br

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *