Não esmoreça na prática do bem

“O Reino de Deus é como um homem que lança a semente à terra. Dorme, levanta-se, de noite e de dia, e a semente brota e cresce, sem ele o perceber”. Com esta parábola Jesus queria dizer que as coisas de Deus vão acontecendo de maneira gradativa, de forma que nem percebemos. E de verdade, muitas vezes sentimos como que as orações que fazemos não têm efeito ou que fazer o bem, fazer as coisas de forma correta não adianta, pois nem sempre somos reconhecidos pelo bem que fazemos, mas se fazemos algo errado alguém já diz: “Mas ele não é da Igreja?” A implantação do Reino de Deus, das coisas de Deus exige perseverança e paciência. Não podemos nos cansar, como muitos fazem, dizendo: “Desisti de fulano, ele não tem mais jeito”. A semente boa que jogamos no coração de alguém, ainda que não vejamos produz fruto, por isso São paulo disse na sua carta aos Gálatas: “Não esmoreçamos na prática do bem, pois no devido tempo, colheremos o fruto, se não desanimarmos”. 

Um dia desses alguém disse: “Não é que Deus seja lento para agir ou nós indignos de receber uma Graça; se as coisas boas que você pediu ainda não aconteceram, não é porque Deus demora, é que Ele capricha”. Não desanime, espere!

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *