Vai para casa, para junto dos teus…

No tempo de Jesus, houve o caso de um homem que estava possuído por vários espíritos. Este homem sofria muito, se debatendo e ferindo-se; morava pelas montanhas e vivia nos cemitérios. Ao ver Jesus, aproximou-se e Jesus expulsou aqueles espíritos maus daquele homem. E em seguida a este fato, está escrito: “Quando Jesus subia para a barca, veio o que tinha sido possesso e pediu-lhe permissão de acompanhá-LO. Jesus não o admitiu, mas disse-lhe: ‘Vai para casa, para junto dos teus e anuncia-lhes tudo o que o Senhor fez por ti e como se compadeceu de ti'”.

Jesus não admitiu aquele homem, apesar dele ter se oferecido para seguí-Lo e o motivo é simples: Algumas pessoas são chamadas a anunciar Jesus em casa, na família, outros no trabalho, no emprego. Muitas pessoas perdem grandes oportunidades de servir a Deus, quando se prendem na ideia de servir a Deus só na Igreja. De fato, alguns têm este chamado, mas a fé, as boas atitudes, os bons gestos, as boas ações, precisam extrapolar a Igreja. É preciso estar atento: Será que o seu grande chamado não é ser de Deus e levar Deus para a família ou dentro do seu local de trabalho? Outro detalhe: Ser de Deus, serví-Lo vai além de  estar pregando ou dentro de um grupo ou movimento. Ser de Deus é sorrir, ser paciente, acolher, perdoar…

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *