Sei que podes tudo…

A leitura do evangelho de São Marcos nos mostra um momento do início da vida pública de Jesus, onde uma mulher pagã pede a Ele que liberte sua filha de um espírito mal. Jesus tinha claro que viera para o povo de Israel, por isso, diante do pedido daquela mulher responde: “Deixa primeiro que se fartem os filhos, porque não fica bem tomar o pão dos filhos e lançá-lo aos cães. Mas ela respondeu: É verdade Senhor; mas também os cachorrinhos debaixo da mesa comem das migalhas dos filhos. Jesus respondeu-lhe: Por causa desta palavra, vai-te, que saiu o demônio da tua filha. Voltou ela para casa e achou a menina deitada na cama. O demônio havia saído”. À partir daqui abriu-se uma porta. O próprio Jesus teve uma compreensão maior da Sua Missão: Ele veio para todos. Veio para os do povo d’Ele e para os povos pagãos, para os bons e para os maus, para ricos e pobres…

Limitar o Reino de Deus e o derramamento de Suas Graças, seria limitar o próprio Deus. Salomão no segundo livro das crônicas vai dizer: “O Senhor deseja habitar na escuridão”. Diante disse, não há limites! A escuridão da mulher acima citada era sua origem pagã, muitos estão na escuridão das drogas, da depressão, da prostituição, do adultério, do crime… E Deus deseja habitar aí, nesses ambientes sem luz, porque Ele é a luz. Limitamos a ação de Deus quando julgamos sem jeito uma pessoa, sem solução uma situação.

Faça o exercício de repetir muitas vezes diante das situações impossíveis, mergulhadas na escuridão, o que está escrito no livro de Jó: “Sei que podes tudo, que nada Te é impossível”!

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *