Por que complicar o que é simples?

Existe uma fato importante na Bíblia, a história de Naamã. Ele, leproso, ouvindo falar da possibilidade da cura, viaja a Israel e lá, o profeta Eliseu através de um recado o orienta a banhar-se sete vezes no rio Jordão. Naamã fica indignado, e se retira por dois motivos: Primeiro, porque o profeta não o recebeu pessoalmente e  orou sobre ele como esperava. Depois, porque o manda se banhar no rio sete vezes, sendo que, rios existiam em vários lugares, inclusive onde ele morava. Estando a retornar, chateado, os servos de Naamã o alertam: “Meu senhor, mesmo que o profeta te tivesse ordenado algo difícil, não o deverias fazer? Quanto mais agora que ele te disse: ‘Lava-te e serás curado’. Naamã desceu ao Jordão e banhou-se ali sete vezes, como lhe ordenara o homem de Deus e sua carne tornou-se tenra como a de uma criança”.

Naamã ficou aborrecido porque esperava que o profeta fizesse algo “grandioso”. E o que o profeta orientou foi algo muito simples: Era somente mergulhar sete vezes no rio Jordão. Se tivesse ido embora como pretendia não seria curado. E na verdade todos somos assim. Complicamos as coisas. Buscamos algo complicado enquanto Deus é simplicidade. Mergulhar em um rio sete vezes era tão fácil que Naamã nem queria fazê-lo.

Muitas vezes o que falta em nós é simplicidade na relação com Deus. Pessoas fazem ofertas financeiras altas, achando que, por conta disso, Deus vai abençoá-las, muitos gastam rios de dinheiro para ver o futuro ou fazendo trabalhos para ganhar ou ainda obter um amor de volta… A verdadeira relação com Deus deve ser marcada por simplicidade, como era com Moisés: “O Senhor falava com Moisés face a face, como alguém que fala com seu amigo”. 

A força de uma oração de cura está na simplicidade. As curas acontecem quando me dirijo a Deus como a um amigo que ouve meus segredos, minhas dores e sou capaz de escutá-lo, tornando-me um com ele; e ainda que muitas vezes não o entenda, permaneço unido porque sei que o amo e que ele me ama e fará sempre o melhor para mim.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *