Uma amizade não tem preço…

O evangelho de São Mateus contém  um dos acontecimentos mais vergonhosos descritos na Bíblia: “Então um dos Doze, chamado Judas Iscariotes, foi ter com os príncipes dos sacerdotes e perguntou-lhes: Que quereis dar-me e eu vo-lo entregarei. Ajustaram com ele trinta moedas de prata. E desde aquele instante, procurava uma ocasião favorável para entregar Jesus”.

Existem duas coisas vergonhosas neste trecho: 

1) “…um dos Doze, chamado Judas Iscariotes…” Judas era um dos doze apóstolos. Foi escolhido a dedo por Jesus, andava com Jesus, comia na mesma mesa, morava com Ele. Judas conhecia Jesus, sabia que era alguém correto, sério… E mesmo assim o traiu.

2) Ajustaram com ele trinta moedas de prata”. Este era, o preço de um escravo. Além de ter sido vendido por Judas, o valor foi insignificante. A ganância era tamanha, que Judas estava cego.

Fico a pensar nos relacionamentos. Quantas vezes traímos, vendemos alguém por coisas tão insignificantes, discussões que surgem, atritos… Se Judas que foi escolhido a dedo por Jesus e convivia com Ele fez isso,também nós não estamos livres. Abramos os olhos, a mente e o coração, pois uma amizade não tem preço… Será que não precisamos ser mais pacientes e tolerantes uns com os outros?

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *