Quanto mais rezo, mais assombração aparece!?

“Depois disso, tornou Jesus a manifestar-se aos seus discípulos junto ao lago de Tiberíades. Manifestou-se deste modo: Estavam juntos Simão Pedro, Tomé (chamado Dídimo), Natanael (que era de Caná da Galiléia), os filhos de Zebedeu e outros dois dos seus discípulos. Disse-lhes Simão Pedro: Vou pescar. Responderam-lhe eles: Também nós vamos contigo. De fato, eles foram pescar, mas nada pegaram. Ao voltarem, Jesus aparece e manda que joguem a rede novamente e daí eles pegam grande quantidade de peixes e Jesus ressuscitado se revela a eles.

Este episódio aconteceu logo depois da morte de Jesus. Pedro e os outros apóstolos ainda estavam traumatizados com todo sofrimento que aconteceu. Diante da morte de Jesus resolveram voltar à vida antiga de simples pescadores: Disse-lhes Simão Pedro: Vou pescar. Responderam-lhe eles: Também nós vamos contigo.

Isso também acontece conosco: Diante do sentimento de ausência de Deus, pensamos em voltar à vida antiga, mudar de religião ou viver sem religião… A pessoa cansa de ter fé. Parece que reza, reza, reza e nada muda ou “quanto mais reza, mais assombração aparece”. Se você está assim, como os apóstolos que estavam com esse desejo de “voltar a pescar”, busque rezar mais, peça ajuda a alguém de mais caminhada.  Pois da mesma forma que Jesus se manifestou a eles naquele momento em que achavam que a vida com Deus já não fazia mais sentido, Ele vai se manifestar na sua vida.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *