É preciso buscar a Deus pelo que Ele é e não pelo que Ele faz

Depois que Jesus realizou o milagre da multiplicação dos pães e dos peixes, alimentando cerca de 5.000 homens, Ele foi seguido pela multidão. Diante do alarido das pessoas, Jesus fez um discurso, onde disse:  Em verdade, em verdade vos digo: buscais-me, não porque vistes os milagres, mas porque comestes dos pães e ficastes fartos. Esforçai-vos, não pela comida que perece, mas pela que dura até a vida eterna”.

Jesus não os criticou por estarem ali, seguindo-O, mas pelo fato de estarem ali simplesmente atrás de mais pão e peixe. Não que isso não fosse necessário, mas isso passa. Nos dias de hoje também isso acontece: Muitos buscam a Deus por aquilo que Ele pode oferecer de material, recorrem a Deus para terem uma “condição de vida melhor”. É a falada TEOLOGIA DA PROSPERIDADE.

É claro que Deus nos dá o material: Dinheiro, casa, carro, condições para fazermos uma viagem, conhecermos outros lugares… E é justo que lutemos por estas coisas e que peçamos isso a Deus. Mas quando Jesus diz: Esforçai-vos, não pela comida que perece, mas pela que dura até a vida eterna”, Ele quer nos dizer que tudo isso passa e que nosso empenho maior deve ser no espiritual. E a consequência de buscar as coisas que não passam o próprio Jesus explica: “Buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça e todas estas coisas vos serão dadas em acréscimo”.

Precisamos buscar a Deus pelo que Ele é e não pelo que Ele faz. E como Ele é Deus, fará maravilhas em nossas vidas, inclusive nos dando o material.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *