Quando o desânimo bate à nossa porta…

Quando São Paulo escreve sua segunda carta a Timóteo, ele diz: “Pois Deus não nos deu um espírito de timidez, mas de fortaleza, de amor e de sabedoria”. O motivo para ele falar isto a Timóteo não está explicitado, mas dá para perceber que Timóteo deveria estar passando por um momento de desânimo, pois um pouco antes, São Paulo diz: “Eu te exorto a reavivar o Dom de Deus que recebestes pela imposição das minha mãos”.

Momentos de desânimo, pessoas que nos deixam pra baixo com suas palavras e atitudes, situações de sofrimento nossas e de pessoas próximas a nós… Tudo isso tende a tirar nossa paz, nossa confiança e até mesmo a tirar nossa fé. Nesses momentos, lembre-se do que São Paulo disse a Timóteo: “Deus não nos deu um espírito de timidez, mas de fortaleza, de amor e de sabedoria”

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *