Sejamos as “pernas” do bem

Conta-nos São Mateus em seu evangelho: “Disse, Jesus aos seus discípulos: A messe é grande, mas os operários são poucos. Pedi, pois, ao Senhor da messe que envie operários para sua messe”.

A história da Igreja e a história das boas obras é marcada por poucas pessoas. Imagino naquele tempo de Jesus, sem meios de transporte, sem internet, sem redes sociais, o desafio que foi levar às pessoas a Graça de Deus.

Porém, mesmo em nossos dias com tantos avanços a nível de transporte e com a explosão da internet e das redes sociais, a messe continua grande e com poucos operários. Mas não podemos desanimar. Se Jesus com apenas 12 homens sem instrução em 3 anos fizeram o que fizeram, nos dias de hoje podemos e temos a obrigação de fazer a diferença.

É fato que o bem sempre vence, mas o bem precisa de “pernas”. Sejamos estas “pernas” do bem através de sites, blogs, redes sociais… Um exemplo simples é na política. Neste ano de eleições não podemos deixar de acreditar que Deus quer pessoas d’Ele, impregnadas de caridade e desejo sincero de servir na política… Tenhamos por exemplo, a coragem de falar de política, de indicar candidatos que possam fazer a diferença.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *