É preciso ter a coragem de começar pequeno

Hoje cedo, li este trecho do evangelho de São Mateus: “O Reino dos céus é comparado a um grão de mostarda que um homem toma e semeia em seu campo. É esta a menor de todas as sementes, mas, quando cresce, torna-se um arbusto maior que todas as hortaliças, de sorte que os pássaros vêm aninhar-se em seus ramos”. 

Meditando esta leitura, lembrei-me de um pregador que dizia: “É preciso ter a coragem de começar pequeno”! As coisas boas, aquilo que é semente de Deus é bem como o grão de mostarda. E não precisamos ter medo, pois “É esta a menor de todas as sementes, mas, quando cresce, torna-se um arbusto maior que todas as hortaliças, de sorte que os pássaros vêm aninhar-se em seus ramos”.

Mas o importante é fazer. Ainda que sejam coisas pequenas e simples. Um simples bom dia, um sorriso, um abraço… Tudo isso é o começo do amor. E assim por diante, comece; ainda que de forma pequena…

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *