Nada nos falta

Quando São Paulo escreveu sua primeira carta aos coríntios, entre tantas coisas importantes, ele diz: “…não vos falta Dom algum”. Fiquei a pensar na força desta afirmação. E acredito firmemente que também em mim e na vida queles que confiam e esperam em Deus, não falta Dom algum.

E o que acontece então? Por que as vezes nos sentimos vazios e incapazes de rezar, de exercer uma missão, uma profissão, assumir algumas responsabilidades…?  A resposta está abaixo:

No artigo 2725 do Catecismo da Igreja está escrito a respeito de um Dom, o dom da oração, mas serve para todo e qualquer Dom: “A oração é um dom da graça e uma resposta decidida de nossa parte. Supõe sempre um esforço”.

Não basta termos Dons; precisamos nos esforçar, ler, estudar, aperfeiçoar, melhorar, etc, etc, etc…

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *