Duas coisas essenciais na oração

O texto abaixo é o próprio Jesus falando no Evangelho de São Lucas: “Se alguém de vós tiver um amigo e for procurá-lo à meia-noite, e lhe disser: Amigo, empresta-me três pães, pois um amigo meu acaba de chegar à minha casa, de uma viagem, e não tenho nada para lhe oferecer; e se ele responder lá de dentro: Não me incomodes; a porta já está fechada, meus filhos e eu estamos deitados; não posso levantar-me para te dar os pães; eu vos digo: no caso de não se levantar para lhe dar os pães por ser seu amigo, certamente por causa da sua importunação se levantará e lhe dará quantos pães necessitar. E eu vos digo: pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei, e abrir-se-vos-á. Pois todo aquele que pede, recebe; aquele que procura, acha; e ao que bater, se lhe abrirá”.

A oração é tudo. E o segredo é a insistência. Mas por que será que existem coisas que pedimos tanto e não alcançamos? É um mistério…

Entendo que algumas coisas não conseguimos por não ser a hora, ou por não serem necessárias, ainda quando julgamos que sejam…

Mas duas coisas são essenciais na oração: A primeira é rezar sempre, não desistir nunca e a segunda rezar acreditando que Deus tem o controle de todas as coisas!

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *