A liturgia celebrada em 18/01, pela Igreja Católica – Mc 2, 1-12 – vai nos mostrar mais um milagre. “Trouxeram-lhe, então, um paralítico, carregado por quatro homens. Mas não conseguindo chegar até Jesus, por causa da multidão, abriram então o teto, bem em cima do lugar onde ele se encontrava. Por essa abertura desceram a cama em que o paralítico estava deitado. Quando viu a fé daqueles homens, Jesus disse ao paralítico: Filho, os teus pecados estão perdoados.”Evangelho de São Marcos, capítulo 2, versículos 3 a 5.

       Interessante perceber que o centro da narrativa, que é cheia de detalhes, situa-se justamente nas tantas barreiras que aquele paralítico e seus amigos enfrentaram para chegar a Cristo. Eles não se conformaram em não alcançá-Lo, o paralítico necessitava da cura e não mediu esforços, junto de seus companheiros para ter aquela cura.
       Peçamos a Graça de não desistirmos diante dos obstáculos, que estejamos sempre rodeados de pessoas que nos impulsione à fé, que sejamos curados fisicamente, espiritualmente, que o Cristo reabilite nossa dignidade e principalmente que jamais esqueçamos que é Deus o Senhor de todos nós, que é através d’Ele que somos vencedores. A Ele toda a honra e toda glória, agora e para sempre. Amém.
Colaboração: Carlos, Ipatinga-MG
DEIXE SEU COMENTÁRIO!