Dizia o santo padre Pio: “O sacrifício mais agradável a Deus é o sacrifício da vontade.” Vontade é o mesmo que desejo, é sentir-se impelido a algo. Sacrifício é o abandono forçado ou voluntário daquilo que nos é precioso.

Muitas vezes nos apegamos a vontades, desejos… Não conseguindo assim,  desvencilhar-mo-nos deles. E se não nos desvencilharmos de certos desejos, ficamos obcecados (cegos de entendimento – pertinazes: Teimosos, perseverantes no erro). E para sermos livres de desejos que nos deixam obcecados é que é necessário o sacrifício, ou seja: O abandono forçado ou voluntário daquilo que nos é precioso. Sim, acredite: Um desejo, mesmo sendo mal se torna precioso quando vira obsessão. Portanto, abandoná-lo é questão de sobrevivência.

Avalie suas vontades. Se elas se tornaram obsessão e tiram sua paz e a paz de quem está à sua volta, sacrifique-as, abandone-as…

DEIXE SEU COMENTÁRIO!