Porque muitos não acreditam na ressurreição de Jesus?

Hoje, sexta-feira (03/05) a Igreja Católica celebra a vida de São Filipe e São Tiago. O depoimento a seguir é do apostolo Paulo, que é um trecho que será lido na 1ª leitura da Santa Missa de hoje. “E que foi sepultado, e que ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras. E que foi visto por Cefas, e depois pelos doze. Depois foi visto, uma vez, por mais de quinhentos irmãos, dos quais vive ainda a maior parte, mas alguns já dormem também. Depois foi visto por Tiago, depois por todos os apóstolos”. Primeira Carta aos Coríntios, capítulo 15, versículos 4 a 7.

       Naquela época correu o infeliz boato entre os incrédulos que Jesus não ressuscitou mais sim que foi uma invenção dos apóstolos, ou dos primeiros cristãos. Afirmam os questionadores da fé, que Jesus só teria aparecido aos íntimos, aos amigos, portando tais provas não dignas de credibilidade. Ora, isso não é verdade. Cristo ressuscitado não apareceu apenas para as mulheres e os seus amigos. Ele apareceu para 500 pessoas na Estrada de Damasco conforme o testemunho de Paulo. E como Paulo afirmou, muitas daquelas pessoas estavam vivas e prontas para testemunhar o fato histórico.
       E ainda nos dias de hoje existem pessoas que duvidam da ressurreição. Pessoas que não conseguem entender como podia Jesus ser homem e Deus. Tem gente que ainda pensa que a ressurreição de Jesus Cristo foi uma invenção dos apóstolos. Porque muitos não acreditam na ressurreição de Jesus? “Dizei que os discípulos dele foram durante a noite e roubaram o corpo, enquanto vós dormíeis”. Evangelho de São Mateus, capítulo 28, versículo 13. E assim, o boato espalhou-se entre os judeus, até ao dia de hoje.
Colaboração: Carlos, Ipatinga-MG
DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *