Oração para perseverar diante da provação

“Ora, aconteceu que um dia, Tobit  cansado do seu trabalho, voltou para a sua casa e deitou-se junto à parede onde adormeceu. Enquanto dormia, caiu-lhe de um ninho de andorinhas esterco quente nos olhos, e ele tornou-se cego. Deus permitiu que lhe acontecesse essa prova, para que a sua paciência, como a do santo homem Jó, servisse de exemplo à posteridade. Como havia sempre temido a Deus, desde a sua infância, e guardado seus mandamentos, ele não se afligiu (nem murmurou) contra Deus por ter sido atingido pela cegueira. Mas perseverou firme no temor de Deus, e continuou a dar-lhe graças em todos os dias de sua vida. Este texto é do livro bíblico de Tobias, capítulo 2, versículos de 10 a 14. Ele nos apresenta o mistério da provação, do sofrimento, dos dramas que muitas vezes a vida nos surpreende. E como enfrentá-los?

1°- Ver o sofrimento como prova e não como desgraça. Não pensar que Deus mandou tal sofrimento sendo um castigo. Como caso acima citado de Tobit, Deus permitiu que lhe acontecesse essa prova, para que a sua paciência, como a do santo homem Jó, servisse de exemplo à posteridade”.

2°-  “Como havia sempre temido a Deus, desde a sua infância, e guardado seus mandamentos, ele não se afligiu (nem murmurou) contra Deus por ter sido atingido pela cegueira. Mas perseverou firme no temor de Deus, e continuou a dar-lhe graças em todos os dias de sua vida”. É preciso estar unido a Deus em oração, temendo a Ele. Não murmurar, nem maldizer, nem se afligir, mas perseverar em Deus, crendo que Deus tem o controle de todas as coisas.

Rezemos então, para que, como Tobit, não esmoreçamos diante das provações:

Senhor Jesus, Tobit foi acometido por grande provação. Contudo, ele não se afligiu (nem murmurou) contra Deus por ter sido atingido pela cegueira. Mas perseverou firme no temor de Deus, e continuou a dar-lhe graças em todos os dias de sua vida”. Por favor Senhor, diante desta provação que vivo (falar a ou as provações pelas quais está passando), dá-me força! Dá-me a Graça de compreender que És amor, que estás comigo e que não me abandou. Como Tobit, que compreendeu que  “Deus permitiu que lhe acontecesse essa prova, para que a sua paciência, como a do santo homem Jó, servisse de exemplo à posteridade”, ajuda-me também a enfrentar esse sofrimento como uma prova e não como um castigo ou ausência de Deus, Amém!

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *