A Igreja Católica celebra hoje, quarta-feira – 03/07, São Tomé, apostolo. Tomé tornou-se conhecido entre os apóstolos principalmente por sua incredulidade que desapareceu diante do Cristo. E a leitura a seguir é um trecho da palavra de Deus que será lido na Santa Missa de hoje. “Tomé, chamado Dídimo, que era um dos doze, não estava com eles quando Jesus veio. Os outros discípulos contaram-lhe depois: Vimos o Senhor! Mas Tomé disse-lhes: Se eu não vir as marcas dos pregos em suas mãos, se eu não puser o dedo nas marcas dos pregos e não puser a mão no seu lado, não acreditarei”. Evangelho de São João, capítulo 20, versículos 24 e 25.

       O poder da visão é muito forte na nossa experiência vital. Nossa principal percepção é realizada pelas vistas. A televisão e o cinema continuam sendo o melhor divertimento mesmo nos mostrando as mais belas porcarias, por causa disso. Os vendedores de carros sabem que um bom visual vale mais que mil palavras. É por isso que eles dão um banho de tinta, e cuidam bem do visual dos carros para o comprador se interessar. Muitas vezes, o motor está pra lá de meia vida, mas o brilho da lata fala mais alto e o carro é vendido.
       Nós que cremos não precisamos dos olhos do corpo para ver Jesus. Porque nós o vemos com os nossos olhos da fé. Quem acredita não precisa estar vendo Jesus com os olhos físicos, pois Ele está presente em nossa volta. É só prestar atenção para ouvi-lo nos orientando, nos corrigindo, nos estimulando, nos dando coragem… “Felizes aqueles que crêem sem ter visto”. Evangelho de São João, capítulo 20, versículo 29.
Colaboração: Carlos, Ipatinga-MG
DEIXE SEU COMENTÁRIO!