Em tudo na nossa vida, não precisamos mais de sinais. O sinal é Jesus – Emanuel – Deus conosco. Por isso lemos em Isaías capítulo 7, versículo 14: “O próprio Senhor vos dará um sinal: Uma virgem conceberá e dará à luz um filho, e o chamará Deus Conosco”. Pois verdadeiramente Deus se fez gente, habitou neste mundo, morreu por nossos pecados, ressuscitou para nos garantir o Céu e derramou o Espírito Santo para permanecer conosco e nos guiar.

Independentemente dos  nossos pecados e apesar dos nossos pecados, Deus está conosco. O próprio nome de Deus, já nos indica como citado acima no livro do profeta Isaías, que não estamos sozinhos, Deus está conosco! E naquele tempo, o nome da pessoa significava a missão dela; portanto, o nome de Jesus já nos diz tudo. Abrindo aqui um parêntese, é uma pena que hoje em dia as pessoas deem nomes aos filhos sem significado algum.

Natal na verdade, é o momento propício  de entendermos que Deus está conosco, diante das lutas e sofrimentos. É tempo de compreendermos que não precisamos de mais sinais. Dar presentes, receber presentes, ajudar alguém, perdoar, amar mais, se reconciliar… Tudo isso precisa ser algo frequente e não restrito ao Natal. Natal é o sinal: Deus está conosco! Isso deve bastar para vivermos o natal todos os dias.

Edson Oliveira