Nem sempre as coisas acontecem como queremos

Existem curas, Graças que nos chegam instantaneamente, acontecem na hora do pedido feito. Mas há Graças que nos chegam de forma mais demorada, até mesmo aos poucos, por etapa, como no caso do cego, narrado no evangelho de São Marcos, capítulo 8, versículos de 22 a 26: “Jesus tomou o cego pela mão e levou-o para fora da aldeia. Pôs-lhe saliva nos olhos e, impondo-lhe as mãos, perguntou-lhe: Vês alguma coisa? O cego levantou os olhos e respondeu: Vejo os homens como árvores que andam. Em seguida, Jesus lhe impôs as mãos nos olhos e ele começou a ver e ficou curado, de modo que via distintamente de longe”.

Não sei porque, a cura do cego foi por etapa. Por duas vezes Jesus lhe impôs as mãos.

Nem sempre as coisas acontecem do jeito que queremos, nem no tempo que queremos. O que não podemos é perder a esperança, a certeza de que a mão de Deus vai nos tocar e tocar nas coisas que precisam de Sua intervenção.

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *