Corte a mão, o pé e arranque o olho!

Evangelista São Marcos, no capítulo 9, nos trás uma das falas mais intrigantes de Jesus, nos versículos 43, 45 e 47: “Se a tua mão for para ti ocasião de queda, corta-a…” “Se o teu pé for para ti ocasião de queda, corta-o fora…” “Se o teu olho for para ti ocasião de queda, arranca-o…” Estes versículos, precisam ser muito bem interpretados, até porque, Jesus não queria e não quer que ninguém arranque fora a mão, o pé ou o olho. O que Ele quis dizer então?

Mão: O que é palpável – O que toco – Coisas materiais: Trabalho, dinheiro. Coisas que faço: Atitudes, gestos, palavras…

Pé: O que está ao nosso alcance: Computador, Internet, Músicas, Pessoas, Sexualidade – Onde podemos chegar – Por onde andamos – Onde vamos…

Olho: O que vemos – O que desejamos – O que sonhamos – O que viaja na nossa mente e vai ao coração porque vimos – Sentimentos – Afetos – Desafetos…

É preciso vigiar sobre o que é palpável, pois pode nos distanciar do projeto de Deus. Sobre o que está ao nosso alcance, pois pode nos seduzir e nos levar a um caminho sem volta. Sobre o que vemos, pois vai à nossa mente e da mente pode dominar o coração.

Vigie e se necessário, corte!

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *