No evangelho de São João, capítulo 14, versículo 26, Jesus disse: “o Paráclito, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, ensinar-vos-á todas as coisas e vos recordará tudo o que vos tenho dito”. A ação do Espírito Santo é algo prático, concreto e não mágico como alguns acham que é.

O Espírito Santo age de forma concreta. Exemplo disso é na Santa Missa. Na Missa não acontece mágica. O Espírito Santo “se utiliza” do pão e do vinho e os transforma em Corpo e Sangue de Cristo. Também quanto ao nascimento de Jesus: Poderia ser diferente, Jesus poderia do nada ter surgido neste mundo. Mas o que aconteceu? Deus se serve de uma menina para gerar Jesus. Jesus é Deus mas é gente. Nasceu, mamou, cresceu, trabalhou… E quando o Anjo lhe dar esta notícia, diz que isso se dará por meio do Espírito Santo. Os dois acontecimentos aqui citados são concretos, não são mágica.

O Espírito Santo quer agir em nossa vida de forma concreta também. E não age porque às vezes esperamos uma mágica. A grande obra do Espírito Santo é ensinar-vos-á todas as coisas e vos recordará tudo o que vos tenho dito”. Ele quer agir de forma concreta. Mas agir como? Recordar o que? Se a pessoa não ler a Palavra de Deus que manda perdoar, amar, ser santo… Como o será? Como o Espírito Santo a recordará disso? Quem ler a Palavra diariamente, dela se alimenta com frequência, se clamar o Espírito Santo, será orientado nos momentos de aflição…

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!