Jesus, no evangelho de São Mateus, capítulo 7, versículos 15 e 16 deu este alerta aos seus discípulos e a nós: “Cuidado com os falsos profetas: Eles vêm até vós vestidos com peles de ovelha, mas por dentro são lobos ferozes. Vós os conhecereis pelos seus frutos. Por acaso se colhem uvas de espinheiros ou figos de urtigas?” No antigo testamento, os falsos profetas foram um pesadelo para os verdadeiros profetas, assim como os falsos doutores da Lei no antigo testamento, que atormentavam Jesus. E hoje, não é diferente: Profetas e doutores surgem todos os dias, assim como pessoas que se mostram bem intencionadas, que são como ovelhas, mas que na verdade são lobos ferozes.

E como saber quem é ovelha e quem é lobo? O critério de discernimento que Jesus nos deixou para não sermos enganados é este: Vós os conhecereis pelos seus frutos”. No mundo da política por exemplo, precisamos buscar conhecer os candidatos. Que frutos ele tem dado como cidadão? É alguém que fez, tem feito coisas boas, que ama gente? É Cristão? Caminha de acordo com o que ensina a nossa fé? Existe um testemunho de pessoas de boa reputação que é favorável a este candidato?

Penso que muitos lobos nos governam e estão no poder, porque quem os pôs lá também age como lobo que em ano de eleição: Ou não vota, ou vota porque ganhou algo em troca, ou simplesmente vota em qualquer um, “porque ninguém presta”.

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!