Saiba se é fé ou superstição

Quando Jesus ressuscitou e apareceu aos discípulos, um deles chamado Tomé não estava. E diante do que ouviu dos que estavam juntos e viram Jesus, ele disse que não acreditava, a menos que tocasse no local dos pregos e pusesse a mão no lado de Jesus que fora aberto pela lança do soldado. Quando Jesus aparece novamente, pede a Tomé que o toque como desejara. Tomé imediatamente crer que de fato ali está Jesus. E Jesus lhe diz no evangelho de São João, capítulo 20, versículo 29: “Creste porque me viste. Felizes aqueles que crêem sem ter visto!

Apesar de Tomé ter ouvido do próprio Jesus que ao terceiro dia ressuscitaria, diante do sofrimento vivido, ele ficou cego; perdera a fé. Esqueceu de todas as promessas de Jesus e tinha necessidade de vê- Lo, de tocá-LO. A beleza da fé consiste crer para ver e não ver para crer. Sabe por que Jesus disse a Tomé Felizes aqueles que crêem sem ter visto”? Porque quem crer sem ver não é movido por emoção, por sentimento, por sinais, mas puramente pela certeza de que Deus é maior que tudo, pode tudo!

Infelizmente, há pessoas que vivem mudando de religião, de Igreja, por conta de promessas milagreiras. Há também aqueles que vivem atrás de “fulano”, “pregador tal”, “oração poderosa”…  A essência da fé é crer em Jesus. Ele é o Senhor, Ele pode tudo. Se vivermos a nossa fé baseada em “fulano”, “pregador tal”, “oração poderosa”, deixa de ser fé, vira superstição.

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *