Libertando-se das prisões…

Precisamos tomar consciência a cada dia que o Espírito Santo pode de fato, fazer o que não podemos fazer, ir onde não podemos ir e cuidar do que não podemos cuidar. Claro que é preciso usar os recursos que temos, a capacidade humana de agir e a força própria que temos para vencer. Mas com o Espírito Santo, podemos ir além e fazer aquilo que a força humana não é capaz de fazer.

O evangelista São Mateus, no capítulo 10, versículos 19 e 20 diz: “Quando fordes presos, não vos preocupeis nem pela maneira com que haveis de falar, nem pelo que haveis de dizer: naquele momento ser-vos-á inspirado o que haveis de dizer. Porque não sereis vós que falareis, mas é o Espírito de vosso Pai que falará em vós”. São Mateus fala da perseguição que todo aquele que é Cristão de verdade sofre. E isso existe em nossos dias. Há países em que pessoas são presas, assassinadas ou proibidas de falar o nome de Jesus.

Mas também existem as prisões emocionais, espirituais e situações onde a força humana acaba e não sabemos o que fazer, nem para onde ir. Não espere chegar numa depressão. Não permita que a tristeza, o desânimo e a aflição conduzam sua vida. É preciso nesses momentos deixar o Espírito Santo agir.

Reze esta oração que tanto bem tem feito às pessoas. Que tem libertado tantos das prisões espirituais, emocionais e físicas: Espírito Santo, faz o que eu não posso fazer. Vai onde eu não posso ir. Cuide das coisas e das pessoas que eu não posso cuidar. Amém!

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *