O desafio de ser e agir sem interesses

Os fariseus eram obcecados por gestos externos. Tudo faziam para mostrarem que faziam e não por mudança de vida. Certa vez, conta-nos o evangelho de São Mateus, capítulo 12, versículo 38, que pediram a Jesus: “Mestre, queremos ver-te fazer um milagre!” E Jesus não faz. Há em Jesus a convicção e a preocupação com o essencial e não em aparecer.

Os fariseus queriam estar perto d’Ele para verem espetáculo. Jesus realiza milagres sim, mas não para ser reconhecido, mas para manifestar o amor de Deus pelas pessoas. Para simplesmente ser aquilo que é… Assim precisamos ser: Gestos externos como sorrir, se aproximar de alguém, convidar alguém para um evento… Deveriam ser realizados sem interesses, simplesmente por ser o que deveria ser feito.

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *