A síndrome de segunda-feira

Muitas pessoas sofrem da síndrome de segunda-feira. O domingo à tarde e sobretudo à noite, se torna angustiante. Às vezes aparecem até alguns sintomas físicos como: Dificuldade para acordar cedo, indigestão, dores de cabeça, irritação, dores musculares, nervosismo… Uma coisa boa que pode ajudar você é a maneira de ver a segunda-feira. Alguns ainda no domingo, já começam a imaginar “as pessoas chatas que vão reencontrar”, o tanto de trabalho que fico acumulado”, “uma resposta que precisa ser dada”… Na verdade, dessa forma a segunda-feira é sinonimo de fardo. E quem gosta de carregar fardo? Ninguém.

Então, o segredo está no ver. No como você olha a segunda-feira. Boa coisa é ver a segunda-feira como oportunidade. Isso mesmo: Um dia oportuno para recomeçar um trabalho inacabado, um dia oportuno para ao reencontrar aquela pessoa “chata” e dizer: Não quero ser assim, não concordo com essa atitude, serei diferente. É tudo uma questão de visão. Ainda no domingo à noite e na segunda-feira de manhã, pense nesta palavra: Oportunidade. Oportunidade de?…

E se você se sente sem forças pra isso, ainda domingo à noite e segunda pela manhã reze: ESPÍRITO SANTO, FAZ O QUE EU NÃO POSSO FAZER. VAI ONDE EU NÃO POSSO IR. CUIDE DAS COISAS E DAS PESSOAS QUE EU NÃO POSSO CUIDAR! AMÉM!

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *