Certa vez, Jesus estava falando para uma grande multidão. Ficou tarde e os discípulos Lhe pediram que era melhor mandar aquele povo embora, pois não tinham como alimentar tanta gente; algo em torno de 5.000 homens, sem contar mulheres e crianças. Diante disso, Jesus lhes fala: “dai-lhe vós mesmos de comer. Mas, disseram eles, nós não temos aqui mais que cinco pães e dois peixes.
Trazei-mos, disse-lhes ele. Mandou, então, a multidão assentar-se na relva, tomou os cinco pães e os dois peixes e, elevando os olhos ao céu, abençoou-os. Partindo em seguida os pães, deu-os aos seus discípulos, que os distribuíram ao povo.Todos comeram e ficaram fartos, e, dos pedaços que sobraram, recolheram doze cestos cheios. Mt 14, 13-20.

Apenas cinco pães e dois peixes e multidão foi alimentada, porque eles deram o tudo que tinham. A provocação de Jesus aos seus discípulos, precisa nos dias de hoje também nos incomodar: dai-lhe vós mesmos de comer” ou seja: Se mexam, façam a parte de vocês… Os discípulos estavam acomodados. Claro que era mais fácil dispensar a multidão ou simplesmente pedir a Jesus que fizesse cair pão do céu.

Temos o desafio de fazer a nossa parte. é o dai-lhe vós mesmos de comer”. Ao invés de esperar um sorriso, sorrir. Ao invés de apontar erros, corrigir os próprios erros. Ao invés de ser indiferente e dizer não votarei em ninguém, pois político nenhum presta, buscar pesquisar, analisar, conhecer um pouco mais de política e lutar por uma política melhor. Bom, está lançado o desafio:
“dai-lhe vós mesmos de comer”.

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!