Tornar-se criança: A verdadeira conversão.

Quando pensamos ou falamos em conversão, imaginamos coisas tão grandes: Alguém que vivia nas drogas e conseguiu deixar, outro que entrou no mundo do crime e saiu e assim por diante. Claro que estas são atitudes de conversão. Mas Jesus hoje, através do versículo 3 do capítulo 18 do evangelho de São Mateus, nos fala de uma conversão primordial: Em verdade vos digo, se não vos converterdes, e não vos tornardes como crianças, não entrareis no Reino dos Céus.

Se esta conversão acontecer, outras não serão necessárias, porque criança não tem malícia, criança é pura, criança não tem ganância, criança não guarda ódio (se chateia, mas logo esquece), criança tem a capacidade de sorrir mesmo quando à sua volta existe um mar de problemas, criança fala eu te amo mesmo se não falam isso pra ela…

Se alguém se converte em criança, vive a verdadeira conversão. E aqui não se trata de viver na infantilidade ou na irresponsabilidade, mas se trata de ter um coração puro, capaz de recomeçar todos os dias. Assim são as crianças.

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *