Onde está o poder de transformar os corações?

O que fazemos, o que falamos, deve ou deveria corresponder àquilo que somos. Caso contrário, o que Jesus disse dos fariseus no evangelho de São Mateus, capítulo 23, versículo 27 vai se encaixando perfeitamente em nós:  “Ai de vós, mestres da Lei e fariseus hipócritas! Vós sois como sepulcros caiados: por fora parecem belos, mas por dentro estão cheios de ossos de mortos e de toda podridão!”

O poder transformador dos corações não está na fala exigente, no dedo acusador ou no olhar condenador; mas sim, no coração transformado, que transbordando de amor, convence de forma natural, acolhe e dá sempre uma chance, um sentido à vida do outro.

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *