Qual o remédio para a decepção?

A decepção nos cega e nos torna pessimistas. Foi o que aconteceu com aqueles dois discípulos de Emaús (cf. Lucas 24, 13-35) que acompanhavam Jesus. A condenação e a morte de Cristo os deixou de tal maneira decepcionados que ficaram cegos. Quando estavam a caminho de Emaús, Jesus Ressuscitado andava ao lado deles, mas eles não O reconheceram. A decepção causa a cegueira em nós.

Há pessoas que cultivam decepções até mesmo da época da infância. E com o passar do tempo, esse sentimento aumenta dentro de nós. Todos nós nos decepcionamos com pessoas e situações, isso não depende de nós e é algo inevitável, no entanto, devemos renunciar a esse sentimento. Quem disse que os sentimentos mandam em nós? Somos nós quem devemos dominá-los.

Imagine-se bebendo um copo de soda cáustica: ela vai acabar com sua boca, garganta e estômago. A decepção é assim. Não depende de nós ficarmos decepcionados, mas precisamos combatê-la. As doenças da alma e do coração são piores que as doenças do corpo!

Quantas pessoas carregam decepções de um colégio religioso, de pais, padres, de uma comunidade inteira! Talvez estejam até decepcionadas com Deus. Quanta gente acaba abandonando tudo por causa da decepção! Hoje, como os discípulos de Emaús, precisamos vencer as frustrações por meio de orações de renúncia.

Há pessoas que, ao se decepcionarem com instituições religiosas, transferiram esse sentimento para Deus. A partir disso, veio o esfriamento da vida de oração e acabaram abandonando tudo. Você não precisa negar que as pessoas o decepcionaram, mas deve renunciar a esse sentimento e não conservá-lo no coração. Se precisar pedir uma oração de cura interior, peça-a, porque você não pode viver decepcionado, não pode dormir com “cobras” na sua cama.

Aqueles discípulos entraram num pessimismo tremendo com a morte de Jesus. Eles reconheceram quem era Jesus, sabiam que Ele ressuscitaria, mas, naquele momento, estavam desiludidos demais para enxergá-Lo. Então o Senhor lhes disse: “Como vocês são sem inteligência e lentos para crer em tudo o que os profetas falaram!” O Senhor Jesus lhes deu uma aula longa sobre as Sagradas Escrituras enquanto iam para Emaús. Ao partir o pão, eles finalmente reconheceram Jesus, até que Ele desapareceu.

O remédio para nossas frustrações é voltarmos para Jesus. Nós não O vimos como aqueles discípulos tiveram a graça de ver, mas Ele está ao nosso lado. Quando trabalhamos, seja no computador, seja lavando roupa ou cozinhando, Jesus está ali conosco. Está decepcionado? Converse com Jesus e renuncie a todas as decepções, porque Ele é o remédio.

Pregação ‘O remédio para decepção’ de Padre Jonas Abib – Portal cancaonova.com

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *