A distância entre orgulho e humildade

Há pessoas, que por ter determinada capacidade, se envaidece e se sente melhor que os outros. Há também pessoas que têm determinada capacidade, mas não tomam posse, e por medo de serem chamados de orgulhosos, deixam escondida tal capacidade. Certa vez ouvi do padre Jonas na Canção Nova, que ser o humilde é reconhecer aquilo que se é, sem se envaidecer e sem se sentir melhor que outros.

Jesus deixou isso bem claro no evangelho de São Lucas, capítulo 8, versículos 16 e 17: “Ninguém acende uma lâmpada para cobri-la com uma vasilha ou colocá-la debaixo da cama; ao contrário, coloca-a no candeeiro, a fim de que todos os que entram vejam a luz. Com efeito, tudo o que está escondido deverá tornar-se conhecido e claramente manifesto”.

Tornar conhecido e manifestar claramente Dons, talentos e capacidades que temos não é orgulho, é contribuição. E além disso, como as oportunidades surgirão se você não se expor, não se colocar à disposição?

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *