Às vezes nos comportamos como sabedores de tudo, entendidos de tudo, exigindo demais daqueles que de alguma forma convivem conosco em casa, no trabalho, nos relacionamentos em geral; nos comportando assim como mestres de leis. Jesus condenou esse tipo de conduta, no versículo 46, do capítulo 11, do evangelho de São Lucas: “Ai de vós também, mestres da Lei, porque colocais sobre os homens cargas insuportáveis, e vós mesmos não tocais nessas cargas, nem com um só dedo”.

Bom e salutar será, quando cada pessoa cuidar de por em prática aquilo que querem do outro. Se cada pessoa não ficar esperando algo bom do outro, mas tiver a iniciativa de fazer este algo bom, a vida será mais leve em casa, no trabalho, nos relacionamentos… Sem cobranças e sem dívidas.

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!