Cuidado com todo tipo de ganância!

Uma das coisas mais perigosas que invade o coração humano e que pode destruí-lo é a ganância. O significado de ganância é avidez de ganho, de lucro. Avidez por sua vez significa: Desejo ardente e insaciável. Então, a pessoa gananciosa, é insaciável em seu desejo de lucrar, de ganhar. Sobre isso, o evangelho de São Lucas, capítulo 12, versículos de 13 a 15 nos ensina:Alguém, do meio da multidão, disse a Jesus: ‘Mestre, dize ao meu irmão que reparta a herança comigo’. Jesus respondeu: ‘Homem, quem me encarregou de julgar ou de dividir vossos bens?’. E disse-lhes: ‘Atenção! Tomai cuidado contra todo tipo de ganância, porque mesmo que alguém tenha muitas coisas, a vida de um homem não consiste na abundância de bens‘”.

Veja que Jesus disse: Tomai cuidado contra todo tipo de ganância”. E se for para fazer o bem, podemos ser gananciosos? Bom, Jesus mandou tomar cuidado contra todo tipo de ganância. E todo tipo é todo tipo, certo? Uma pessoa sendo gananciosa para fazer o bem, pode facilmente se sentir o próprio bem, justamente porque a ganância, como explicado acima é um desejo insaciável. Nada saciará a pessoa. E o desejo de mais e mais, ela poderá endeusar-se a si própria ou fazer com que os que estão à sua volta a endeuse.

E como não correr este risco? Bom, um dos antônimos de ganância é desapego. São Paulo deixou bem claro, quando disse na carta aos gálatas, capítulo 2, versículo 20: “Já não sou eu quem vivo, é Cristo que vive em mim”. Então, o remédio contra a ganância é desapegar-se. Reconhecer que todo bem que faço é Graça de Deus. Que não sou dono de mim, nem dos meus talentos. Tudo é de Deus, por Deus e para Deus…

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *