Qual é o seu preço?

No evangelho de São Lucas, capítulo 14, versículos 13 e 14, Jesus disse: “Quando deres uma festa, convida os pobres, os aleijados, os coxos, os cegos. Então serás feliz! Porque eles não te podem retribuir”. A felicidade então, consiste justamente no fato de que aquele que recebeu um bem feito por mim, não ter como retribuir.

Infelizmente aprendemos o contrário: “Se fulano não me chamou na casa dele, também não o chamo na minha” – “Se ganhei um presente de X valor, não darei um valor Y” – “Não vou ajudar este colega de trabalho, pois nunca se ofereceu para me ajudar”… Atitudes como estas não trazem felicidade. Nos torna igual ou piores àqueles que nós mesmos criticamos.

O bom da vida é fazer o bem sem olhar a quem, sem interesse, sem querer nada em troca. Tal atitude, por ser desprendida de materialidade, não tem preço. Nenhuma moeda do mundo pagaria. Portanto, quem a pratica, também não tem um preço, é de um valor inestimável.

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *