bemUma das formas que Deus sempre usou e usa para se manifestar são os sinais, como explicado por Jesus nos versículos 29, 30 e 31, do capítulo 21 do evangelho de São Lucas: “Olhai para a figueira e para as demais árvores. Quando elas lançam os brotos, vós julgais que está perto o verão. Assim também, quando virdes que vão sucedendo essas coisas, sabereis que está perto o Reino de Deus”. As coisas, as quais Jesus se refere, são perseguições aos Cristãos, guerras, doenças, sinais no céu… O capítulo 21 do evangelho de São Lucas trata de tudo isso.

A grande promessa de Deus é instaurar o Seu Reino definitivo. E diante dos males, não podemos perder a esperança de que Deus há de intervir e não permitirá que pereçamos. Deus não manda estes males que temos visto, mas diante deles, Deus espera que nos voltemos para Ele. Os males, as tragédias, as desgraças precisam ser vistos numa perspectiva de fé: Ou seja, diante deles preciso me apegar a Deus, para que Ele realize Sua intervenção.

Quando alguém por exemplo passa mal, sente um mal estar, não é um sinal de que algo não está bem em sua saúde? Então esse mal estar precisa ser visto numa perspectiva de fé, como uma dádiva. Devo agora, olhar por minha saúde, pois sou templo de Deus. Alguém que nos engana, que de alguma forma trai nossa confiança não seria um sinal para repensar nossos relacionamentos, nosso conceito de amizade? Uma família que não tem mais diálogo, onde cada um pega seu prato e come num canto e passam dias sem se cumprimentar não é um sinal de que algo está errado em casa?

Precisamos estar atentos. Dizem por aí que “há males que vêm para o bem”. Se há males acontecendo, aí está um sinal que algo tem que mudar. Deus fala nos acontecimentos como sinal de alerta, para que sejamos melhores. Pare um pouco, veja os sinais à sua volta e seja melhor!

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!