O perigo de sermos conhecedores de tantos assuntos e ignorantes do essencial

nascer

Jesus ficou espantado com a reação de um homem chamado Nicodemos, doutor e conhecedor da Lei renomado, pois ao falar sobre a vida nova no Espírito, o nascer para as coisas de Deus, Nicodemos O pergunta como poderia acontecer isso? Como ele sendo um homem feito entraria de novo no ventre materno; ao que Jesus o responde dizendo: “És doutor em Israel e ignoras estas coisas!…”

Ignorar é não saber, não ter conhecimento sobre determinado assunto ou situação. Nicodemos era mestre em Israel, mas era ignorante sobre os assuntos do Espírito. Impressiona ver que ainda em nossos dias, com tantos avanços tecnológicos, científicos e até mesmo espirituais, ainda há pessoas ignorantes da vida no Espírito. Mesmo pessoas que caminham em ambientes de Igreja, têm um contato superficial com Deus. Há ainda os que conhecem muito bem a Bíblia, mas na prática falta-lhes um contato com o Espírito; só Ele pode nos trazer a Graça de um novo nascimento.

Há uma antiga oração que é solenemente rezada em todas as Missas no dia de Pentecostes, chamada “Seqüência de Pentecostes”, que em determinado momento diz: “Enchei Luz bendita, chama que crepita, o íntimo de nós. Sem a Luz que acode, nada o homem pode. Nenhum bem há nele”. De fato, que adianta ser dotado de conhecimento científico, possuir diplomas e cursos, mas ignorar o essencial, o sentido único da nossa existência passageira neste mundo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *