imagemO salmo 102 nos diz que “O Senhor é indulgente, é favorável, é paciente, é bondoso e compassivo. Não fica sempre repetindo as suas queixas, nem guarda eternamente o seu rancor. Não nos trata como exigem nossas faltas, nem nos pune em proporção às nossas culpas”.

Diante da realidade da criação, descrita no livro do gênesis, ao afirmar que “Deus nos criou à Sua imagem e semelhança”, não deveríamos também nós em nossos relacionamentos ser indulgentes, favoráveis, compassivos, bondosos, não nos queixarmos tanto, não guardar rancor, nem tratar o outro como exigem as faltas dele?

Ao nos criar á Sua imagem e semelhança, Deus nos capacitou a agirmos como Ele agiria. Esta capacidade está em nós. Agir desta forma não depende de Deus, mas de uma decisão e de um esforço, que aliado à Graça de Deus pela oração, nos torna presença de Deus neste mundo.

Edson Oliveira

DEIXE SEU COMENTÁRIO!